Pular para o conteúdo
Início » Blog » Dez Meios para evitar o Cigarro

Dez Meios para evitar o Cigarro

parar de fumar

Dez Meios para evitar o Cigarro de modo geral.

Se você quer parar de fumar e já passou por algumas recaídas, está na hora de você saber por que tropeça na força desse vício. Dessa forma nós vamos lhe apresentar alguns meios de como é possível driblar dia após o outro esse desejo pelo cigarro.

O mais importante é não se martirizar pelas quedas; tenha em mente que você não é o primeiro e nem o último. Portanto, o que é preciso é que você tenha certeza que deseja largar o cigarro. Sim! É preciso que você tenha essa vontade do fundo do seu coração. Não adianta começar um desafio do qual você não estará disposto a lutar.   

Você pode ter várias lembranças do uso do cigarro por diversos motivos: por influência de amigos e familiares, traumas, preencher um vazio ou grande perda, dentre outros. Só você sabe dos motivos, mas agora está na hora de você dizer adeus a algo que está te matando aos poucos.

Veja quais são os Dez Meios para evitar o Cigarro

Em primeiro lugar as pessoas do seu convívio social devem saber que você está parando. Desse modo você deve deixar bem claro o quanto isso é importante para você e para a sua saúde de modo geral.

A segunda atitude a ser tomada é evitar os lugares que você comumente fumava. Por exemplo, em seu trabalho você deve evitar a ala dos fumantes. Isso não quer dizer que vai deixar de conversar com os seus colegas fumantes. Assim também deverá esquecer os bares.

O terceiro ponto a ser seguido é trabalhar em um jogo do vício que funciona como um truque em sua cabeça. Entretanto, ignorar esse ponto é retornar ao vício.

Sim! É preciso você entender que quando está tentando fugir de uma rotina ou de um vício o principal que você não pode ignorar é justamente achar que é forte demais para se expor a situações que o leve de volta ao vício. Por exemplo, se você chega cansando em casa, toma um banho e depois senta em uma varanda para fumar um cigarro, considere mudar essa rotina.

A quarta dica é você se adequar à prática de exercícios físicos diários. Dessa forma, você ocupará parte do seu tempo e ainda passará a liberar hormônios tais como a endorfina, que de certa forma lhe proporá sensação de recompensa e bem-estar. Contudo, se você já prática algum exercício, considere aumentar o tempo das atividades.

Outras atividades que podem tirar sua atenção do vício

O quinto meio é muito importante, pois você deve ocupar a sua mente com atividades de leitura, jogos de memória ou mesmo xadrez ou videogame. Assim, a sua mente estará pensando em outros assuntos.

Em sexto lugar é bom que você pense também como deve mudar seus hábitos alimentares. Portanto, alimentos que lhe forneça energia adequada e que não são estimulantes temporários podem favorecer o melhor bem-estar. Isso quer dizer que se você se sente sem energia, desmotivado, o pensamento no fumo pode o assaltar novamente.

O sétimo meio é evitar as bebidas alcoólicas. Entretanto, se você sempre está “tomando uma” possivelmente será mais difícil largar o vício do fumo, sobretudo se você se dirige a um bar para beber.  

As atividades culturais poderão ser um remédio ou terapia para o seu bem e esse é o nosso oitavo conselho. Por exemplo, visite um teatro, uma biblioteca, entre em uma academia de ginástica, aprenda a dançar. Que tal fazer musculação? Natação, quem sabe?

O nono caminho a ser seguido é fazer reflexões sobre a sua vida e quanto você ganhará com esse novo modo de vida. Também, desse modo, o quanto de saúde você estará fornecendo com as pessoas que convivem com você, sobretudo as crianças se esse for o caso.

Dez Meios para Parar evitar o Cigarro – A Realidade que muitos ignoram

Já o décimo modo de você considerar parar de fumar estará no fato de você conhecer os efeitos negativos do fumo. Se você não sabe o que o cigarro pode causar em seu organismo, talvez esteja na hora de você saber que esse vício pode causar uma morte lenta e dolorosa.

A maioria dos fumantes tenta ignorar essa realidade; tenta fugir da questão que o fumo pode causar uma série de cânceres, perda do paladar, frio nas mãos e nos pés, mau hálito, deficiência na capacidade de cheirar, envelhecimento precoce, impotência sexual, dentre outros.

Dessa forma, ao pensar nas consequências, sobretudo ao adeus precoce que você está dando aos seus filhos e netos pode ser um pensamento sinistro, aterrorizante, mas ao mesmo tempo motivador para você escolher o que vale e o que não vale a pena.

Embora as dicas aqui partam da ideia intrínseca da pessoa que deseja parar de fumar, há ainda a terapia de reposição de nicotina, que pode amenizar as crises de abstinência. Há ainda gomas e adesivos que podem atuar nesse mesmo sentido. Porém, o que é muitíssimo importante nesse processo é que você esteja decidido (a) a dar um fim no fumo. 

Se você deseja conhecer mais métodos e como se preparar para vencer o vício do cigarro leia o livro digital “Parar de Fumar é Possível: Estratégias para Vencer o Vício” por menos de 20 Reais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.